Sepultado corpo de candidato que morreu após passar mal em teste de aptidão física do concurso da PMPB

 Gustavo Silva, de 30 anos, que concorria a uma vaga no Comando de Policiamento Regional I em Campina Grande. Foto: Reprodução


O sepultamento aconteceu na cidade de Campina Grande, na manhã deste sábado (4).


O homem morreu após passar mal durante o teste de aptidão física (TAF), na prova de corrida, do concurso da Polícia Militar da Paraíba (PMPB). A informação foi confirmada pela Comissão Organizadora do Certame nessa sexta-feira (3).

Segundo a Comissão, a prova aconteceu na última terça-feira (30) em João Pessoa, quando a vítima, Gustavo Silva, de 30 anos, que concorria a uma vaga no Comando de Policiamento Regional I em Campina Grande, passou mal. Ele veio a óbito na madrugada da sexta.

Em nota, a comissão organizadora do certame lamentou a morte de Gustavo. O comunicado também diz que o candidato foi socorrido incialmente pela própria equipe médica da comissão e depois foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

A organização do concurso também informou que antes da prova de corrida, o candidato apresentou atestado um médico comprovando que ele tinha capacidade para passar pelo teste, e que esse era um dos requisitos do edital.

O homem tinha dois filhos, sendo uma menina de cerca de 2 anos, e um menino de cerca de 7 anos. 



F5

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem