Secult-PB tira dúvidas ao vivo sobre o edital Paraíba Junina que vai destinar R$ 2,4 milhões às quadrilhas

 

Reprodução


O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult-PB),  realiza nesta terça-feira (5), a partir das 10h, uma transmissão ao vivo para tirar dúvidas  sobre o edital Paraíba Junina, que vai disponibilizar R$ 2,4 milhões da Política Nacional Aldir Blanc (Pnab) de Fomento à Cultura às quadrilhas juninas paraibanas.

A Paraíba Junina é apenas o primeiro dos editais da Pnab, que ao todo vai investir R$ 36 milhões em 2024. No total dos investimentos do Governo da Paraíba e anunciados recentemente pelo governador João Azevêdo, a verba para a cultura da Paraíba vai ultrapassar os R$ 50 milhões neste ano.

Tirar dúvidas - O diálogo ao vivo com a sociedade civil vai acontecer pelo canal do YouTube da Secult-PB e as pessoas poderão tirar dúvidas em tempo real. Vão participar da transmissão Josemberg Pereira e Sofia Roque, que são respectivamente o gerente executivo e a gerente operacional da Gerência Executiva de Fomento e Economia Criativa da Cultura.

A transmissão ao vivo será dedicada à explicação de todos os detalhes do edital. Uma oportunidade para tirar dúvidas sobre a proposta do prêmio, discutir o cronograma e entender como se darão as inscrições. Haverá também uma simulação do uso da plataforma, demonstrando o passo a passo de como utilizá-la para se inscrever.

“Mantendo a tradição da Secult-PB nos editais de fomento, vamos proporcionar um momento para que todas as pessoas interessadas possam tirar dúvidas. De forma democrática, plural e ampla”, destaca Josemberg Pereira.

O Paraíba Junina vai beneficiar 240 quadrilhas juninas paraibanas, divididas em duas categorias e sempre respeitando a descentralidade das diferentes regionais de cultura. De toda forma, metade das contempladas será enquadrada nas quadrilhas competitivas e vão receber R$ 15 mil cada. A outra metade, enquadrada nas quadrilhas comunitárias, vai receber R$ 5 mil cada.

“É a forma que encontramos para atender as mais diversas expressões juninas. De valorizar não só aquelas que competem anualmente, mas também aquelas que mantêm vivas a tradição em todos os recantos da Paraíba”, prossegue Josemberg.


PB GOV

Postagem Anterior Próxima Postagem