DENGUE: Em menos de três meses e com mais de 1,68 milhão de casos, Brasil supera números de 2023

 

Foto: Freepik

Nesta sexta-feira (15), o Ministério da Saúde registrou 1.684.781 de casos prováveis de dengue contabilizados desde o início de 2024. O número é maior que todo o saldo de 2023.

No ano passado, segundo o painel de arboviroses do governo, foram registrados 1.658.814 casos prováveis —a soma entre casos confirmados e em investigação— da doença.

Até março do ano passado, o Brasil contabilizava 671.185 casos prováveis de dengue, um número 151% menor do que o atual.

O ano de 2024 já é o segundo pior da série histórica em casos de dengue no país. O ano com maior número de casos foi 2015, quando o Ministério da Saúde registrou 1.688.688 casos prováveis da doença.

Apesar de uma alta taxa de contaminação, o agravamento pela doença é menor se comparado a anos anteriores. Em 2023 foram registrados 1.094 óbitos por dengue ao longo de todo o ano, o pior número da história, enquanto em 2024, são 513 mortes confirmadas até o momento.

Em todo o país, Distrito Federal, Minas Gerais e São Paulo são os estados que registram mais casos de dengue. Somados, os três representam 33% dos casos prováveis do Brasil, segundo dados do painel de arboviroses.

Folhapress

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem