Americanas deve fechar 80 lojas, realizar novas demissões e vender marca de cartões Ame

 



A Americanas deve fechar 80 lojas e realizar novas demissões, segundo informou o presidente da empresa, Leonardo Coelho, em entrevista ao jornal
 Folha de São Paulo, nessa segunda-feira (26). A ideia é também vender a fintech de pagamentos e cartão de crédito Ame, além das marcas Natural da Terra e Único (franquias da Imaginarium e Puket).

As lojas que deverão ser fechadas são as que, segundo o presidente da Americanas, estão com números negativos. As unidades serão avaliadas por três meses para que haja uma decisão final. A empresa deve mudar a oferta de produtos vendidos e até negociar com os donos dos imóveis para tentar salvar essas lojas.

Coelho ainda afirmou à Folha que testes estão sendo feitos em tempo real para tomadas de decisões com agilidade.

Não há informações, ainda, se as lojas na Paraíba estão na lista das unidades que podem ser fechadas.

O prejuízo da Americanas diminuiu nos primeiros meses de 2023 (R$ 4,61 bilhões) em relação ao mesmo período de 2022 (R$ 6,02 bilhões). A marca enfrenta crise após anunciar “inconsistências” em sua contabilidade com um rombo de R$ 20 bilhões. Agora, está em recuperação judicial.

Repost CLICKPB

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem